Quinta-feira, 08 de Julho de 2010

CD34DC71-5E84-48E9-9F35-F1A0C2527ED1-4644-00000540

 1923-2010

 

Sobre o homem que foi António Manuel Couto Viana, não resisto a contar da impressão que me deixou na escassa pouco mais de meia hora que com ele contactei: tinha vindo a Guimarães fazer uma conferência sobre Alfredo Pimenta. Entre  os que o acompanhavam estava o jornalista António Valdemar, o qual, desprezando as grandes diferenças ideológicas, é amigo do meu pai. Também o foi  -muito, pelo que me foi dado assistir, de Couto Viana: este, sofrendo já muito dos pés, era no jornalista que se amparava -; daí que tivesse trazido o poeta cá a casa, à biblioteca paterna.

Tive o privilégio de com ele conversar um bocado, mas o bastante para sentir que tinha pela frente um  senhor de grande cultura, mas, acima de tudo um homem bom

Descanse em paz.



publicado por Cristina Ribeiro às 23:29
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO