Sexta-feira, 09 de Outubro de 2009

 

Não conseguira adormecer até chegar ao fim do livro; sorrindo de si para si, pensou: ainda bem que os avós não são como a Tia Doroteia do Henrique de Souselas...; com efeito, só apagara a luz já a madrugada se havia instalado há muito... Depois adormecera, e não fazia a menor ideia que horas seriam agora... Até que ouviu a voz da avó: -Menina, já te chamei várias vezes para tomares o Pequeno-almoço! -Já vou avó, respondeu, enquanto se espreguiçava. Daí a pouco, voltou a ouvir a voz da velha senhora: -Vens ou não vens? Quero levantar a mesa.

 

Sorriu de novo, enquanto descia as escadas, e pensou: afinal as avós não são diferentes das tias Doroteias...

 

 

   Abril de 2008


tags:

publicado por Cristina Ribeiro às 22:18
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15


31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO