Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

"...do Azul Cinzento do Céu..."

Cristina Ribeiro, 05.11.09

 

Que Invernia. Quando passei pelos montes vi ainda vestígios da sua passagem, nas faldas da serra. Um poucochinho fora dela, senti frio .Apenas. Muito frio. De rachar. Rajadas de vento gelado e uivante. Agora olho as mesmas faldas e já não a vejo. O sol levou-a com ele. Os picos da Cabreira e do Gerês, vejo-os ao longe, continuam brancos. E, certamente, frios.

 

 

Dezembro de 2008

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.