Domingo, 25 de Outubro de 2009

                           ( Casa de Camilo. São Miguel de Seide )

 

Sabia-o Camiliano. Quando, logo no dia a seguir a ter ouvido falar, com tanto fulgor, daquele, até então por mim desconhecido, escritor, me dirigi à livraria do costume, em busca dos seus livros,o amigo a quem sempre peço conselho, na hora de trazer para casa novas leituras, esse seguidor de Camilo, recebeu-me com um "- Oh,esse!... Tenho um filho adolescente com pretensões literárias. Se um dia me disser que quer ser escritor, dir-lhe-ei para primeiro fazer cópias dos escritos de Camilo e de Tomaz".

 

                          ( Casa de Casares, de Tomaz Figueiredo, Arcos de Valdevez )

 

 

«Tinha de escrever o romance, um provável novo Eusébio Macário, visto que de novo encarnara o sarrafaçal camiliano, lambendo botas, gastando quartilhos de cuspo em lambidelas de botas. Na tarde em que tal decidira, relido o livro castigador, até só a espessura das paredes talvez houvesse tirado que de fora lhe ouvissem as gargalhadas. Relera e ria.

Ah! Eusébios Macários reincarnados! »

( Tomaz de Figueiredo, in «Fim » )

 

Dezembro de 2008



publicado por Cristina Ribeiro às 10:38
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15


31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO