Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

Festas e mais festas.

Cristina Ribeiro, 13.10.09

 

Disse a Luísa ter ficado com a impressão de que Agosto era o mês de todas as festas no Norte. E é-o, pelo menos na parte do Norte que chamo minha. Todos os fins-de-semana acordo com o barulho do rebentar dos foguetes, anunciando novo festejo. Terra de muita emigração, é, além disso, o mês de todos os casamentos, comunhões e baptizados, que foram marcados para esta altura, quando as famílias e amigos estão reunidos. É assim que a estrada que desce a Falperra se enche todos os dias da semana de enervantes buzinadelas, maneira importada das estranjas de cumprimentar os noivos. Música de folclore e pimba massacram-nos os ouvidos a toda a hora; e perguntamo-nos: quando acabarão

 

Agosto de 2008

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.