Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

Na Beira Alta

Cristina Ribeiro, 11.10.09

 

Naquele fim-de-semana esticado, por via do Feriado do 1º de Dezembro, foram várias as aldeias históricas visitadas, mas a visita a Castelo Rodrigo foi a mais proveitosa... Começámos por olhar as ruínas do palácio de Cristóvão de Moura, feito conde, e Senhor daquela terra por Filipe II, como paga da lealdade à coroa castelhana, mas que o povo, logo que soube da Restauração, na pessoa de D. João IV, destruíu quase totalmente, para, depois de percorrermos aquelas ruas solitárias que conduziam ao Castelo, mandado erigir por D. Dinis após a celebração do Tratado de Alcanizes, apreciarmos o monumento evocativo da Batalha de Salgadela, no ano de 1664, decisiva para a defesa de toda aquela região, e onde se destacou o governador militar da Beira, Pedro Jacques de Magalhães.

 

 

Perto da Igreja Matriz, admirámos o belíssimo Pelourinho manuelino, da altura em que D. Manuel I mandou reedificar as muralhas.

 

 

Mas, a partir do século XVIII, a aldeia iria perder a sua importância, a favor da vizinha Vila de Figueira.

 

Junho de 2008

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.