Domingo, 11 de Outubro de 2009

 

e ao fim de uma viagem que começara bem cedo no Fundão, encontrámos, no concelho de Idanha-a-Nova, alcandorada num alto monte («Mons Sanctus»), uma aldeia de granito, onde as casas, de telhados dourados pelo pôr-do-sol de Outono, trepavam por caminhos muito íngremes. Nela as pessoas, também aqui quase todas idosas, conviviam harmoniosamente com várias espécies de animais dóceis no contacto com estranhos.

 

Foi, desde logo, grande a empatia com aquelas mulheres vestidas de preto que, sentadas no degrau das casas de granito, nos acenavam com os adufes e marafonas. Deixámos aquele lugar compreendendo o porquê de Monsanto ter sido considerada a «Aldeia mais Portuguesa de Portugal».

 

 

 

Junho de 2008



publicado por Cristina Ribeiro às 14:31
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15


31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO