Terça-feira, 09 de Outubro de 2018

IMG_9168.JPG

8FC1BA11-DD60-40DB-B3C3-988672735883-3013-000003DF

 

 

Escritores há, e deles alguns livros, que valem bem sigamos aquela máxima de Nelson Rodrigues "Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre ". Assim é para mim, quase na mesma medida que Camilo, Tomaz de Figueiredo, e assim são alguns dos livros que dele já li. Como o Dicionário Falado, aquele em que nos fala dos Franciscos Gomes que lhe ensinaram muito do que sabia. De cada vez - e já foram algumas - que a ele volto, dou com entrelinhas em que não tinha reparado, tão rica é a escrita Tomaziana.
Agora mesmo, atrás de uma pesquisa por ela sugerida, dou com um sítio na Internet, novo para mim, deveras interessante, que me leva a devassar correspondência vária ou a revistar Bravães, onde já fui num Outono como o d'hoje, que tão bem diz com as palavras e sentir do homem que muito amou o seu pátrio Minho...



publicado por Cristina Ribeiro às 18:27
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO