Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

 

 

 

que vi até hoje está em Ponta Delgada, muito a fazer lembrar aquela aldeia típica regional, em Mafra, do saudoso Mestre José Franco.

A escola primária com as tradicionais carteiras e quadro na parede, a velha botica-farmácia, a mercearia com a velha balança que sempre me lembro de ter visto na venda da minha avó, a alfaiataria, a cozinha com os utensílios de então, o estúdio fotográfico, a tipografia, a casa do ferreiro, com elementos que me são tão familiares, como a bigorna e o torno, a retrosaria, onde fui balconista por momentos; ...tudo a lembrar a minha infância.

Quando entrámos na oficina de tecelagem, não me contive sem contar ao Paulo das fugas da minha mãe ,

                                                                        Foi uma breve incursão ao passado, que terminaria mal passámos a porta do museu.

 

 

 

 

Mas antes tirou-me esta fotografia no tear, dizendo " esta é para a tua mãe "


tags:

publicado por Cristina Ribeiro às 18:56
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
14

16
18
20

28



links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO