Terça-feira, 13 de Abril de 2010

 

diz o Carlos.

Mil e um afazeres fazem com que só ontem à noite me desse conta do repto lançado.

Muitas, claro; Florença, uma delas. Um momento mágico leva-me a optar pela cidade do Arno: o dia tinha sido cansativo, a calcorrear algumas das pequenas povoações da Toscânia. Já anoitecia quando chegámos ao hotel e fomos comer  a um daqueles restaurantezinhos que guardam o segredo de acolhimento tão familiar. Depois, de tão cansada, uma das irmãs optou por ir descansar para o Hotel. Estava uma daquelas noites quentes de Setembro. Com a outra irmã segui ao longo do rio, iluminado, e vimos a ponte Vecchio a fervilhar de pessoas que vinham das esplanadas da Praça Signoria, algumas ainda com o copo de cerveja na mão. Como se a torre de Babel nunca tivesse existido, todos falavam com todos. Era fim-de-semana, Sábado talvez, e a descontracção era palpável. Como testemunha, e cúmplice, uma lua bem cheia. Não olhámos o relógio - só fizemos o caminho de volta, quando o cansaço nos venceu.


tags:

publicado por Cristina Ribeiro às 15:08
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
22
23
24

25
28
29
30


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO