Quarta-feira, 01 de Dezembro de 2010

 

Havia muito já que Luís se levantara. Casados há poucos meses, era a primeira vez que  passava o Natal na aldeia, lá no alto da serra.

Gostara de tudo.  Tão diferente do que estava habituada: a grande lareira acesa todo o dia, os preparativos para a ceia, a alegria à mesa tão grande...; mas mais do que tudo, aquela tradição de os aldeões irem, alumiado o caminho escuro por uma lanterna, de casa em casa chamar os vizinhos para a missa do galo.

Que fosse bem agasalhada : lá fora o vento cortava. Que bebesse um cálice de vinho do Porto, para aquecer...



tags:

publicado por Cristina Ribeiro às 03:24
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
24
25

27
28
29
30
31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO