Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

O Tempo Esse Grande Escultor

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...

O destino primeiro era Ribeira Grande, a segunda cidade da ilha,

Cristina Ribeiro, 17.05.10

 

 

( Ermida do Espírito Santo- Ribeira Grande - S. Miguel )

 

 

e capital do município do mesmo nome. Passadas muitas freguesias piscatórias, pois que confrontam com o Oceano Atlântico, como Rabo de Peixe, onde testemunhei a simpatia dos habitantes: batemos à porta de um senhor desconhecido, para que nos deixasse fotografar o  Império, em honra do Espírito Santo, que é celebrado com muita devoção em todo o arquipélago, mas com preponderância em S. Miguel, e logo as portas se escancararam, sem perguntas.

 

 

" Império ", em honra do Espírito Santo

 

 

As pessoas todas se conheciam, pelo que o cumprimento era normal, mas eu, uma forasteira, fui tratada como um deles.

 

 

 

Estava na cidade a comprar umas peças típicas de cerâmica, e o meu telemóvel não parava de tocar; diz-me o guia: - bem, era suposto eu receber mais telefonemas...

- Sabe, respondi-lhe, é que hoje faço anos e todos me estão a dar os parabéns...

- Ah! diz o Paulo, então os meus Parabéns!

E ofereceu-me este azulejo pintado à mão

 

 

 

 

para que não esquecesse as ilhas que, como diria Raul Brandão, ainda me são desconhecidas...

7 comentários

Comentar post