Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2015

image.jpg

Perguntava a sorridente dona do restaurante da beira-da-estrada, onde paráramos, adiantada que ia a hora para calarmos o esfomeado estômago; porque isto de apreciar paisagens de encher o olho não era de modo a satisfazer o vazio que há muito sentia, ia dizendo... E pronto! lá estávamos nós frente a crepitosa lareira, enquanto lá fora o céu muito azul convivia com o frio que enchera de neve a serra que da janela nos espiava, numa brancura imaculada. Estávamos, mais uma vez, em terras de Barroso. Vilarinho de Negrões, havíamos nós lido na tabuleta à entrada da acolhedora povoação. Que sim, o manjar estava de jeito a ninguém botar defeito...



publicado por Cristina Ribeiro às 23:42
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
21

23
25
26
27
28


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO