Sábado, 13 de Março de 2010

 

que o cimo da escrivaninha do meu irmão, que celebra nesse dia o aniversário natalício, se encheu com os livros de Eça de Queiroz editados pela « Livros do Brasil » . Foi uma surpresa não só para ele, mas para os outros irmãos, que já afilavam o dente ao ver aquela colecção inteirinha à nossa espera.

        Mas esperava-me um balde de água fria; Só podes entender estes livros quando tiveres 15 anos, disse o meu pai, quando viu o olhar guloso que lhes deitei.

Deve ter sido por essa altura que comecei a visitar regularmente a escrivaninha do meu irmão.


tags:

publicado por Cristina Ribeiro às 00:11
Hoje, Cristina, seria incapaz de dizer em que idade se entendem esses livros. Esta miudagem é, para umas coisas, tão precoce, e para outras, tão retardada...
Luísa a 16 de Março de 2010 às 14:22

:) Tem razão, Luísa: nessa altura cada coisa tinha o seu tempo, e daí não se saía.

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
19
20

23
25
26
27

29
31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO