Quinta-feira, 03 de Outubro de 2013

" ... Segue-se demoradamente ao longo da encantadora e ampla toalha do Alto-Rabagão. Formoso lago de altitude! ( ... ) Passa-se junto à aldeia de Veade de Baixo. De um lado outro, pequenos lameiros, modestos retalhos de centeio ou de milho anaínho, um ou outro tufo de carvalhiços. Ao longe, do outro lado do lago, permanece o harmonioso desenho da Serra das Alturas, com as suas duas inconfundíveis corcovas. ( ... ) Logo após Travassos ( onde subsiste um bom pedaço de estrada de macadame, da era do Fontismo ), a nova rodovia inflecte para Nordeste, na direcção da aldeia de S. Vicente de Chã, a fim de contornar um extenso tentáculo azull da grande laguna de altitude. "

Sant'Anna Dionísio descrevia assim, em 1965, a região do Barroso, ora visitada, e foi, em grande parte, com excepção de algumas casas de habitação que, por certo, o Autor nem imaginaria por lá encontrar, esta a paisagem serrana que aos nossos olhos se deparou.
Depois de visitarmos o mosteiro de Santa Maria das Júnias, e a vizinha cascata, alimentada pelas águas cristalinas do ribeiro do Campesinho, que já antes nos refrescara a vista, quando o vimos passar mesmo ao lado do mosteiro, seguimos estrada fora, mas ainda no concelho de Montalegre. Na nossa frente, uma das suas muitas freguesias, a cuja beleza já nos tínhamos rendido - Chã e os seus diversos lugares ou aldeias. 
Primeiro a aldeia de Peirezes, onde, percorrido paradisíaco caminho atapetado de verde, e ladeado de verdes árvores, pudemos admirar belíssima ponte, dita romana ( mas que, li em blogue dedicado à localidade, terá sido " erigida na Idade Moderna, o que não invalida que não tenha existido outra em época romana pois é um local confirmado da passagem da via romana " ); depois, a de Travassos de Chã, com casas de sabor rústico bem conservado, como o forno comunitário.
A tarde chegava ao fim quando chegámos a uma outra freguesia, onde, por caminhos enlameados, se passeavam vários exemplares de nutrido gado, bois e cabras. Nela se destacava a linda capela da Senhora do Rosário: chegáramos a Veade de Baixo, que, havendo ensejo,merece mais demorada visita, a horas do dia mais favoráveis.



publicado por Cristina Ribeiro às 19:54
Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
19

20
23
24
25
26

27
30
31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO