Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

                                                            

Deus está atento.

É a frase que me vem à cabeça sempre que penso nela: uma mulher jovem, do meu círculo de amizades, engravidou. Até aqui tudo bem.

Acontece que era uma fumadora inveterada, a quem o médico, tinha ela 12 anos, disse para colocar à frente da cama a radiografia dos pulmões para que, todos os dias, se desse conta do mal que estava a fazer-lhes, e que, quando o dentista a pôs perante uma escolha- o cigarro ou os dentes-, não hesitou em optar pelo tabaco, acrescendo ainda o facto de um exagerado apego ao álcool ser causa de vários alertas hepáticos, sempre ignorados.

" Era ", escrevi, porque, e nisso maravilhou toda a gente, pois que  todos disseram " mais nada, nem ninguém, no mundo a faria mudar de comportamento ", logo que soube da gravidez deixou de fumar e de beber, porque se consciencializou de que o filho, com quem passou a falar regularmente, enquanto acaricia a barriga, lho pedia.

 Só " aquela coisinha humana ".


tags:

publicado por Cristina Ribeiro às 15:50
Espero que a mudança de comportamento tenha continuidade.
O problema nos vícios, é que normalmente as "decisões" são sol de pouca dura. Infelizmente.
Pelo menos, neste caso, será importante para a saúde da criança
George Sand a 23 de Janeiro de 2012 às 13:06

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO