Quinta-feira, 17 de Junho de 2010

 

 

 

 

do século passado, no meio daquele carvalhal " pintavam a manta ", é hoje um dos meus tios, e continua o exímio tocador de cavaquinho, que já era então.

Desde pequena lembro-me dele a alegrar qualquer reunião com o som desse pequeno instrumento musical, mormente a grande romaria que ainda hoje faz as alegrias da população local, principalmente dos muitos emigrantes, que nessa altura - 29 de Julho- se encontram cá de férias - a da Santa Marta da Falperra.

Mestre também no " cantar ao desafio ", esse tio, que agora se empenha em ensinar a arte aos netos, ainda pequenos, é um daqueles a quem os tempos modernos não mataram a imaginação exigida pelos ócios agradáveis, de que fala Nemésio.



publicado por Cristina Ribeiro às 13:02
ainda existe gente assim e ainda bem.
Daniel João Santos a 17 de Junho de 2010 às 18:42

Se existe Daniel. Lá na empresa, um departamento é composto só por mulheres: durante todo o dia elas cantam, Por vezes canções um pouco brejeiras.
Às vezes tenho de fechar a porta porque os meus ouvidos ficam cansados de tanta cantoria.
E quando lhes dou bom-dia, respondem-me, invariavelmente " bom-dia alegria ":)

O cantar ao desafio, eis o que perdemos para o moderno serão a ver TV.
manuel gouveia a 25 de Junho de 2010 às 14:14

Por cá ainda continua a ser uma grande atracção, quando há ajuntamentos .
Claro que ganha sempre aquele que conseguir cantar mais brejeirices com habilidade :)

Terei de um dia passa por esse aí.

:)))

Um arquivo dos postais que vou deixando no Estado Sentido, mas também um sítio onde escrever outras coisas minhas..Sem Sitemeter, porque pretende ser apenas um Diário, um registo de pequenas memórias...
mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

28


links
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO